BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Entretenimento Ciência & Saúde

Morador de Mococa é diagnosticado com febre amarela

Avaliação do Usuário

Um morador de Mococa foi diagnosticado com febre amarela nesta semana, segundo a prefeitura. A cidade está entre as 32 da região que têm recomendação do Ministério da Saúde para a vacinação contra a doença. Os moradores devem procurar os postos de saúde para a aplicação.

Leia mais:Morador de Mococa é diagnosticado com febre amarela

Anvisa interdita lote de paçoquinha por excesso de substância com potencial cancerígeno

Avaliação do Usuário

pacoca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta segunda (20) um lote de paçocas da marca Dicel, sediada em Goiânia (GO). De acordo com a agência, a carga tinha excesso de aflatoxinas, substância produzida por fungos que é considerada tóxica e favorece o desenvolvimento de câncer em teor acima do permitido.

Leia mais:Anvisa interdita lote de paçoquinha por excesso de substância com potencial cancerígeno

Pesquisadores criam soro para picada de abelhas

Avaliação do Usuário

Produto está em fase de testes e vem sendo desenvolvido na Unesp de Botucatu. Ele poderá salvar a vida de pessoas sensíveis às picadas.

abelhas

Roberto Giraldi Peres e Camila Aguilar Peres moram em um sítio em Avaré (SP) e passaram por um grande susto no ano passado. Quando o casal caminhava no pasto, foi surpreendido por um enxame. Camila tomou mais de 400 picadas, precisou ser levada ao hospital e ainda tem cicatrizes espalhadas pelo corpo.

Para combater o veneno das abelhas, pesquisadores da Unesp de Botucatu (SP) e do Instituto Vital Brasil desenvolveram um soro antiapílico. Ele é feito com o próprio veneno da abelha. Um recipiente é colocado embaixo da colmeia e uma pequena descarga elétrica é dada, contraindo a musculatura do inseto, que assim, libera parte do veneno. Segundo o pesquisador, as abelhas não morrem durante o processo.

Leia mais:Pesquisadores criam soro para picada de abelhas

Saúde investiga morte por suspeita de febre amarela em Araraquara

Avaliação do Usuário

febrea

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informou neste sábado (11) que investiga a morte de um morador de Araraquara por suspeita de febre amarela. O paciente, que não teve a identidade e idade divulgados, passou mal e apresentou sintomas da doença na semana passada. Ele morreu na terça-feira (7), em um hospital de Sertãozinho.

Leia mais:Saúde investiga morte por suspeita de febre amarela em Araraquara

Odores emitidos pela natureza podem evitar estresse e câncer

Avaliação do Usuário

natureza

Basta uma boa caminhada por uma mata fechada ou no meio de uma floresta para ter certeza do bem estar e da tranquilidade que os ares e odores do verde nos trazem. Cientistas da escola de medicina Nippon, em Tóquio, confirmaram objetivamente o que nosso corpo nos diz: sentir o cheiro da natureza pode diminuir dramaticamente a pressão do corpo humano e ainda estimular moléculas que combatem doenças diversas como o câncer.

Leia mais:Odores emitidos pela natureza podem evitar estresse e câncer

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Novos Vídeos