BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Entretenimento Ciência & Saúde Maior epidemia de dengue da história de Bauru chega a mais de 16,8 mil casos

Maior epidemia de dengue da história de Bauru chega a mais de 16,8 mil casos

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

bauru

A Secretaria de Saúde de Bauru divulgou nesta terça-feira (14) a confirmação de 1.058 novos casos de dengue, todos eles autóctones (contaminação no próprio município).

Com esses novos casos, Bauru chegou à marca de 16.878 pessoas que contraíram a doença neste ano, o que ratifica a condição de pior epidemia de dengue da história da cidade. Desse total, apenas 30 casos são importados.

O número de mortes manteve-se em 17 casos, o mesmo da semana passada. Outros casos suspeitos ainda aguardam resultados do Instituto Adolfo Lutz.

Segundo a prefeitura, os casos divulgados nesta terça-feira referem-se a pessoas tiveram início de sintomas entre 1º de janeiro e 31 de março, período de mais notificações e maior fase de transmissão da doença.

Ainda segundo dados da Secretaria de Saúde, no mês de abril os números de notificações tiveram uma redução de 66% em relação ao mês de março.

Epidemias anteriores
Na última grande epidemia da cidade, em 2015, foram em todo o ano registrados 8.482 casos de dengue, com seis mortes. Ou seja, com o anúncio atual, Bauru chega em meados de maio a quase o dobro de casos de 2015.

Antes disso, as piores situações tinham sido registradas em 2013, sendo 7.434 casos, com duas mortes. Em 2011, foram 4.384 e seis mortes, e em 2007 2.064 casos.

Ajuda do Exército e de aplicativo
Para combater o número de criadouros do mosquito Aedes aegypti, a prefeitura de Bauru tem adotado uma série de ações, como mutirões de limpeza, e recorrido a ajudas inusitadas, como a de militares do Exército, que participam das ações de limpeza.

Outra ação foi a criação de um aplicativo para ajudar nas denúncias dos terrenos sujos. No primeiro dia da liberação do aplicativo para celulares, foram registradas cerca de 700 denúncias. Até o momento, já foram recebidas denúncias de 3.034 denúncias, sendo 20% repetidas.

O sistema criado para denunciar áreas de risco para dengue é considerado pela administração uma das principais ferramentas para ajudar no cumprimento do decreto assinado no fim de 2018, que permite multar proprietários que mantêm terrenos sujos.

O acesso ao aplicativo está disponível no site da prefeitura, logo na página inicial. Para denunciar, o usuário deve baixar o app e depois colocar o endereço e uma foto do local relatando o problema. (TVTem)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos