BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Entretenimento Cinema & TV Famoso por Drácula e Saruman, ator Christopher Lee morre aos 93 anos

Famoso por Drácula e Saruman, ator Christopher Lee morre aos 93 anos

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

leemorreu

O ator britânico Christopher Lee, famoso por viver nos cinemas o vampiro Drácula nos anos 1950 e 1960 e o antagonista de longos cabelos brancos Saruman, das sagas "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit", morreu na manhã do último domingo (7) de insuficiência cardíaca e respiratória, aos 93 anos. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (11) pelo site do jornal britânico "The Telegraph". Segundo o "Telegraph", citando fontes próximas à família de Lee, o ator morreu no Hospital Chelsea e Westminster, em Londres. O artista estava se tratando havia três semanas, por conta de problemas respiratórios e cardíacos. No dia 27 de maio, ele completou 93 anos no hospital. De acordo com o site britânico, o anúncio da morte de Lee demorou a sair porque a mulher do ator, a ex-atriz e modelo dinamarquesa Gitte Lee (nascida Birgit Kroencke) decidiu esperar até que todos os parentes próximos fossem avisados. O casal ficou junto por mais de 50 anos e teve uma filha, Christina Erika Lee, de 53 anos. Lee também ficou conhecido por dar vida ao Conde Dookan, da série "Star Wars" (nos episódios II e III – "Ataque dos Clones", de 2002, e "A Revolta dos Sith", de 2005), ao personagem Frankestein e a vilões que tentavam atrapalhar as missões do agente 007 nos filmes de James Bond. O ator trabalhou, ainda, em filmes do diretor Tim Burton, como "A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça", "A Fantástica Fábrica de Chocolate" e "Sombras da Noite", e emprestou a voz a personagens de "A Noiva Cadáver" e "Alice no País das Maravilhas". Nascido em 1922, o britânico iniciou sua carreira na década de 1950 e foi considerado um dos melhores atores de sua época quando, em 1958, interpretou o Conde Drácula. Desde então, participou de dezenas de produções cinematográficas. Em 2009, recebeu o título de cavaleiro ("Sir") concedido pela Coroa britânica. Em novembro de 2015, será lançado um longa póstumo de Lee, o drama "Angels in Nothing Hill" ("Anjos em Nothing Hill").

 

 

Carreira no heavy metal

Lee ainda teve uma carreira musical, que começou em 2004, quando foi convidado a narrar passagens de músicas da banda italiana de metal sinfônico Rhapsody of Fire. Sua atuação foi tão boa, que ele gravou uma canção do álbum e ainda chegou a participar de outros três discos do grupo. Além disso, o ator britânico colaborou na regravação de um álbum da banda de metal Manowar e, em 2012, gravou seu segundo CD do gênero, "Charlemagne: The Omens of Death", para comemorar seu aniversário de 90 anos. Há pouco mais de um ano, em maio de 2014, Lee celebrou 92 anos com o lançamento de um novo álbum de heavy metal, intitulado "Metal Knight". O disco foi seu terceiro trabalho musical solo. O álbum reúne quatro canções originais e mais três versões alternativas delas. Entre as faixas, há duas canções baseadas em musicais de Dom Quixote, clássico personagem de Miguel de Cervantes; além de "The Toreador March" ("A Marcha do Toreador"), da ópera "Carmen", de George Bizet, e "My Way", popularizada na voz de Frank Sinatra. Em um vídeo publicado no YouTube na época, Lee falou sobre esse trabalho e destacou que Dom Quixote é o personagem de ficção "mais metaleiro" que ele já havia conhecido. "Ele só está tentando mudar o mundo sem importar com as consequências pessoais. É um grande homem e cheio de atrevimento, coragem, determinação, romantismo e sonhos", afirmou o ator. "Associo o heavy metal com a fantasia pelo tremendo poder que se desprende dessa música", apontou Lee, que já havia demonstrado sua afinidade com o metal em várias ocasiões.

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Novos Vídeos