BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Entretenimento Moda & Beleza Agente denuncia casos de maus-tratos com modelos na semana de moda de Paris

Agente denuncia casos de maus-tratos com modelos na semana de moda de Paris

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

moda

A última terça-feira (28) foi repleta de polêmica em Paris: em um post feito pelo agente James Scully no Instagram, foram revelados vários casos de maus-tratos com modelos na semana de moda francesa. Ao participar de um congresso do Business of Fashion em dezembro passado, o norte-americano prometeu divulgar publicamente todos os casos de abuso feitos por grandes grifes e agências de casting com modelos ao redor do globo. No post, as marcas Balenciaga, Lanvin, Elie Saab e e Hermés foram acusadas de assédio e até mesmo racismo por Scully.

"Fiel à minha promessa no #bofvoices que eu seria uma voz para todas as modelos, agentes ou todos que vêem as coisas erradas com este negócio, fiquei decepcionado ao vir para Paris e descobrir que os suspeitos de costume continuam fazendo os mesmos truques. Fiquei muito perturbado ao ouvir de algumas garotas nesta manhã que ontem, durante o casting da Balenciaga, a Madia & Ramy (abusadores frequentes) realizou um casting em que fizeram mais de 150 garotas esperar em uma escada e disseram-lhes que elas teriam que ficar lá por mais de 3 horas para serem vistas - e não podiam sair. Como de costume, eles fecharam a porta, foram almoçar e desligaram as luzes das escadas, deixando cada menina enxergando apenas com as luzes de seus telefones celulares. Este episódio não foi apenas sádico, cruel e perigoso, mas também deixou mais do que algumas das meninas com quem eu falei traumatizadas. A maioria das garotas pediu para ter suas participações no casting da Balenciaga canceladas, bem como nos da Hermès e Elie Saab [que também utilizam os serviços da Madia & Ramy], porque elas se recusam a ser tratadas como animais. A Balenciaga faz parte da Kering, que é uma empresa pública. Essas casas precisam saber o que as pessoas que contratam estão fazendo em seu nome - antes que um bem merecido processo judicial venha em sua direção. Além disso eu ouvi de vários agentes, alguns dos quais são negros, que receberam a orientação de Lanvin que eles não deveriam apresentar com mulheres de cor no casting da marca. E outra grande casa está tentando contratar modelos de 15 anos em Paris! É inconcebível para mim que as pessoas não tenham respeito pela decência humana ou pelas vidas e sentimentos dessas meninas, especialmente quando muitas destas modelos são menores de 18 anos e claramente não equipadas para estarem aqui, mas qualquer coisa por um direito exclusivo, não é mesmo? Se esse comportamento continuar, será uma longa e fria semana em Paris. Por favor, continuem compartilhando suas histórias comigo e eu continuarei a compartilhá-las por você. Esta parece ser a única maneira que podemos forçar a mudança e dar o poder de volta às modelos e agentes, onde ele pertence legitimamente", escreveu James. (Vogue)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos