BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Brasil e Mundo Justiça brasileira novamente decidiu bloquear o acesso ao WhatsApp no país!

Justiça brasileira novamente decidiu bloquear o acesso ao WhatsApp no país!

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

whatsapp-g1

Blog de Altieres Rohr (G1) - A Justiça brasileira novamente decidiu bloquear o acesso ao WhatsApp no país em um processo que corre em segredo de justiça. A partir desta quinta-feira (17), milhões de brasileiros podem ficar sem o serviço sem nem saber exatamente o motivo -- sabe-se apenas que o WhatsApp não cumpriu uma ordem judicial. O bloqueio, apesar de respeitar os "limites técnicos e operacionais" como disseram as operadoras, é sim viável. Burlar, claro, também é possível, mas não é simples, especialmente em celulares.

 

 

Ainda não está claro se o WhatsApp funcionará no acesso Wi-Fi. Pelo que se sabe, apenas as operadoras de telefonia móvel foram intimadas a realizar o bloqueio. Dependendo do conteúdo específico da ordem e do entendimento de cada operadora, o bloqueio pode se restringir ao acesso móvel (3G ou 4G, por exemplo), enquanto acessos fixos (fibra, cabo e DSL) continuam funcionando, até no mesmo provedor. Ou seja, pode ser que o acesso via DSL de um provedor que restringiu o acesso móvel (3G e 4G) não bloqueie o WhatsApp, o que permitirá o acesso pelo Wi-Fi. No entanto, também é possível que todos os acessos sejam bloqueados, independentemente do tipo.

O que se sabe é que, se o bloqueio for devidamente realizado, trocar de chip para usar o WhatsApp no 3G ou 4G não vai funcionar. Além disso, se a técnica adotada para o bloqueio for a limitação do acesso aos endereços IPs do WhatsApp e isso incluir os acessos fixos, não vai ser simples continuar usando o WhatsApp nem pelo Wi-Fi - será preciso "desviar" a conexão por algum outro país. Isso exige uma mudança na configuração de rede. Alguns aplicativos de VPN para celular também podem ter resultado, mesmo os gratuitos, mas isso pode depencer um pouco da sorte.

Como o bloqueio é específico para o WhatsApp, o mais fácil é adotar um app concorrente. Alternativas incluem o Telegram, o Viber e o Line.

Atualização: O blog apurou que o bloqueio está valendo também para acessos fixos -- o bloqueio já começou em menos uma operadora --, o que significa que o app não vai funcionar por conexões Wi-Fi nesses acessos. O bloqueio, porém, tem falhas. Nem todos os IPs do WhatsApp estão com o acesso restrito.

WhatsApp não guarda mensagens
O WhatsApp quase foi bloqueado em fevereiro por não fornecer à Justiça os dados solicitados em uma investigação. Ainda não se sabe se o novo bloqueio é pela mesma razão, já que o processo corre em sigilo.

Mas, se for, há uma má notícia para as autoridades. Cada vez mais mensagens no WhatsApp trafegam com criptografia. Isso significa que o WhatsApp nem mesmo tem acesso às mensagens que transitam em sua rede. O máximo que o serviço poderia informar à Justiça são os endereços IP de onde seus usuários enviam as mensagens, mas não o conteúdo delas.

Outros comunicadores, como o Telegram, Sicher e Wickr, também protegem as mensagens para impedir grampos, sejam esses grampos autorizados ou não.

A crescente adoção de criptografia pelas empresas de tecnologia já há alguns anos preocupa autoridades nos Estados Unidos e na Europa, que temem perder a capacidade de solicitar dados para investigar crimes. Especialistas argumentam, porém, que abrir uma "porta dos fundos" para as autoridades deixará todas as comunicações inseguras e abrirá brechas para criminosos.

Veja matéria no G1!

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos