BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Esportes Em sua quarta participação na Série B, Oeste tenta melhorar campanha

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

JKA

Em sua quarta participação na Série B, Oeste tenta melhorar campanha

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

DSC 0774

Jogo do Oeste no Amaros durante partida do Brasileirão contra o Chapecoense (Foto: João Reis -  Arquivo Revistanet 2013)

Do G1 - O ano de 2016 marcará a quarta temporada seguida de participação do Oeste no Campeonato Brasileiro da Série B. Campeão da Série C em 2012, o Rubrão inicia mais uma participação na divisão de acesso ao Brasileirão querendo algo além da batalha contra o rebaixamento. Nas últimas três temporadas, o time de Itápolis fez campanhas semelhantes (veja tabela abaixo).

oeste na serie b

O Oeste fez três campanhas semelhantes na Série B (Foto: Tabela / GloboEsporte.com)

No quesito derrotas, o Oeste repete a campanha nas três temporadas, ao todo são 14 por campeonato, praticamente um turno inteiro da competição, jogado entre 20 times, em 38 rodadas. O número de vitórias pouco variou, sendo que 12 foi a melhor marca da equipe, quando escapou da degola de forma tranquila ao somar 48 pontos em 2014.

No ano de 2014, aliás, o Rubrão participou do jogo do título, mas longe de ser o protagonista. O Joinville foi a Itápolis na condição de time a ser batido e liderava a competição com 70 pontos, um a mais que a Ponte Preta. O Oeste venceu por 1 a 0, e o empate da Macaca com o Náutico confirmou a conquista dos catarinenses.

Com Roberto Cavalo no comando da equipe em 2015, o Oeste chegou a incomodar os candidatos ao acesso e durante a competição esteve a cinco pontos do G-4, mas uma sequência ruim de oito partidas sem vitória, a equipe foi caindo na tabela e só escapou da degola na última rodada, ao empatar sem gols com o Paysandu.

Elenco novo, comandante velho

2016 não começou da melhor forma para o Oeste. O time foi mal no Paulistão e acabou rebaixado novamente à Série A2 do estadual, forçando uma remontagem do elenco. O experiente Marcelinho Paraíba, por exemplo, acabou deixando o clube.

Para compor o elenco, a diretoria anunciou um pacotão de reforços liderado pelo meia Clébson, que fez destacado Paulistão com o São Bento e o retorno do técnico Roberto Fonseca, que comandou a equipe em 2003 e 2008.

Duelos contra os grandes

Em seu ano de estreia na Série B, o Rubrão encarou o Palmeiras. No primeiro turno, em Presidente Prudente, o Verdão goleou o time de Itápolis por 4 a 0. Na volta, nova vitória da equipe de São Paulo: 2 a 0. Na temporada seguinte, o time a ser batido era o Vasco. Em São Januário, triunfo cruzmaltino por 2 a 0. Já no segundo turno, em duelo realizado na Arena Amazônica, empate em 1 a 1.

Na última temporada, o Oeste mandou seus jogos em Osasco enquanto o estádio dos Amaros sofria uma pesada reforma. E na Grande São Paulo, a equipe de Itápolis perdeu para o Botafogo: 1 a 0. A partida do segundo turno, jogada no Engenhão, ficou no 1 a 1. Em 2016, o Rubrão voltará a enfrentar o Vasco.

Do G1

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos