BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Esportes Oeste registra melhor campanha na Série B, mas fica com gostinho de "quase"

JKA

Oeste sai na frente, mas não segura pressão e empata com Brasil-Pel

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

oeste4567

Oeste x Brasil de Pelotas Série B (Foto: Futura Press)

Do Globo Esporte.com - Em um jogo em que os goleiros foram protagonistas, Oeste e Brasil de Pelotas empataram em 1 a 1 na noite desta terça-feira, na Arena Barueri. O placar não resume o que foi a partida, já que os arqueiros Eduardo Martini e Felipe Alves foram obrigados a trabalhar e evitar que qualquer uma das equipes saísse com os três pontos. O duelo foi válido pela 17ª rodada da Série B.

O empate não é benéfico para nenhum dos times. O Oeste fica em 13º, com 21 pontos, enquanto o Xavante é o 7º, com 24. Na próxima rodada, o time paulista visita o Joinvile, sábado, sendo que o Brasil de Pelotas pega o CRB, na sexta-feira.

A partida iniciou em alta rotação em Barueri, com pressão dos donos da casa. Com toque de bola envolvente, o time paulista criou diversas chances de gols nos primeiros minutos, principalmente com Léo Arthur, Mazinho e Renan Mota. Aos 14, o placar somente não foi aberto graças a defesa incrível de Eduardo Martini. Léo Artur bateu firme, o goleiro espalmou e, em lance de pura agilidade, espalmou uma verdadeira bomba de Marcus Vinícius.

O Oeste tanto insistiu que consegui abrir o marcador aos 24 minutos. Após grande jogada de Betinho pela direita, subiu livre na área e desviou de cabeça para as redes. Só que a alegria dos comandados por Fernando Diniz durou pouco. No lance seguinte, Ramon tabelou com Felipe Garcia e bateu cruzado, ainda rebatendo em Felipe Alves.

O panorama mudou na segunda etapa, quando a partida se apresentaria em ritmo bem inferior. No contra-ataque, o Brasil-Pel especulava as saídas em velocidade para tentar movimentar o marcador. Com essa proposta, Ramon obrigou Felipe Alves a realizar grande defesa e evitar a virada.

Cansados, os jogadores de ambos os lados pouco criaram até a reta final. A melhor chance voltaria a ser gaúcha, quando Nathan teve oportunidade aos 40 minutos, mas bateu alto, na rede pelo lado de fora.

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos