BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Cidades Gerais Captura de morcegos com raiva dispara alerta dos órgãos de saúde de Botucatu

Captura de morcegos com raiva dispara alerta dos órgãos de saúde de Botucatu

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

morcego2

Valdinei Campanucci, supervisor de saúde ambiental de Botucatu, fala sobre morcegos achados com o vírus da raiva (Foto: TV TEM/Reprodução)

Técnicos da Vigilância de Saúde Ambiental da Prefeitura de Botucatu (SP) capturaram recentemente dois morcegos na região urbana da cidade que, depois de avaliados, apresentaram exame positivo para o vírus da raiva.

 

 

O fato colocou em alerta os órgãos de saúde da cidade e a prefeitura já anunciou que no próximo sábado (23) fará um atendimento extra de vacinação contra a raiva para cães e gatos, destinado apenas a animais que ainda não foram vacinados neste ano.

Só neste ano, 163 morcegos foram analisados em Botucatu e quatro deles deram resultado positivo para a raiva. Dois estavam no bairro Jardim Paraíso e os outros dois na região central da cidade. Os animais capturados são da espécie insetívora (se alimentam de insetos).

De acordo com Alexandre Barbosa, professor de infectologia da Unesp de Botucatu, o morcego com o vírus da raiva pode transmitir a doença para humanos e animais.

Segundo ele, o morcego é o principal transmissor da raiva, uma doença que pode ser fatal se não tratada de forma correta.

Nos últimos três anos, sete pessoas morreram no Brasil com a doença. Dessas, três pegaram o vírus através de morcegos, outras três de gatos e uma pelo cão.

O supervisor de saúde ambiental de Botucatu, Valdinei Campanucci, explica que nessa época do ano é comum encontrar morcegos caídos na rua ou até mesmo no quintal de casa.

"Muitos morcegos jovens estão aprendendo a voar e acabam caindo no chão, onde se tornam presa fácil para animais domésticos e até para o ser humano, que muitas vezes acaba entrando em contato com o animal. Por isso é importante vacinar cães e gatos que tenham falhas no histórico vacinal", explica Campanucci.

A orientação da Secretaria de Saúde no caso de se encontrar um morcego caído perto de casa é para que a pessoa use um balde ou uma caixa de papelão para cobrir o animal e na sequência telefone para a Vigilância Ambiental.

Serviço
O atendimento extra de vacinação contra raiva para cães e gatos acontece no próximo sábado (23), das 9h às 13h, na Secretaria de Saúde (Rua Major Mateus, nº 7, na Vila dos Lavradores). Os animais que já foram vacinados em 2017 não precisam receber a dose novamente.

Já a unidade de Vigilância de Zoonoses (Canil Municipal) é um posto permanente de vacinação contra raiva e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, na Avenida Itália, s/nº, no Bairro Lavapés.

morcego1

Morcegos, mesmo os insetívoros achados em Botucatu, são considerados os principais transmissores da raiva (Foto: TV TEM/Reprodução)

 

Do G1

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos