BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Cidades Gerais Mascote de feira do amendoim que viralizou nas redes sociais será mantido na próxima edição

Mascote de feira do amendoim que viralizou nas redes sociais será mantido na próxima edição

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

amendoim

Após viralizar nas redes sociais por causa da aparência, o mascote “Minduca” será mantido na próxima edição de uma feira realizada em Jaboticabal, para promover o amendoim. Para a organização, as várias interpretações dos internautas para a forma do mascote deram mais projeção ao evento.

Conhecida como capital do amendoim no estado de São Paulo, a cidade sediou, há pouco mais de dez dias, um encontro nacional para que produtores, empresas e entidades discutissem o setor.

A imagem de Minduca que rodou as redes sociais foi feita durante o encontro. Houve quem atribuísse a ele a aparência de abobrinha, batata, mas a maioria dos memes brincava com o aspecto fálico do mascote.

“A princípio, nós pensamos: ‘poxa, mas que coisa! A gente faz uma feira tão bonita e o pessoal acaba fazendo esse tipo de brincadeira’. Ficamos um pouco assustados. Mas, quando o negócio foi percorrendo as redes sociais, percebemos que ele tomou uma proporção de divulgação para a gente, para o evento”, diz Sérgio de Souza Nakagi, presidente da comissão organizadora.

Expectativa x Realidade

O desenho do Minduca foi desenvolvido por uma agência de comunicação em Jaboticabal, a pedido da comissão. Mas o resultado final não correspondeu à expectativa dos idealizadores.

“A gente propôs toda identidade visual da feira, todas as peças. A comissão foi contratando os vários fornecedores. Quando o mascote ficou pronto é que a gente viu que não parecia o desenho que a gente fez, não tinha cara de amendoim. Cada um falava uma coisa”, afirma a assessora de comunicação Regiane Alves.

Como o recurso para o boneco já havia sido gasto, a decisão foi por manter o mascote, mesmo destoando do amendoim.

“Ele parecia uma abobrinha. Abobrinha pra amendoim ainda está bem distante. Você olhando ele de frente, ele é um simpático mascote, ele é bonitinho, sorrindo, uma expressão alegre. Só que a foto de costas ficou com uma conotação diferente. Ainda colocaram uma faixinha, aí piorou. Por mais que você vá querer consertar, não vai mudar”, afirma Nakagi.

Bombando

Um dos posts que viralizou tem mais de 7 mil curtidas e 3 mil compartilhamentos em uma rede social. “Eu rindo que até me engasguei”, escreveu uma internauta. “Meia-noite, eu precisando dormir e me deparo com isso e agora não consigo parar de rir”, postou outro usuário.

De acordo com Nakagi, os memes proporcionaram à feira uma visibilidade não calculada e fizeram ela ficar conhecida em lugares inesperados, como cidades de Mato Grosso e Goiás. O clima de apreensão foi substituído pelo de descontração.

“Claro que houve comentários de todos os tipos, mas teve muitas brincadeiras. A surpresa inicial foi substituída por um movimento muito grande porque as pessoas queriam fazer foto e as pessoas que chegavam à feira queriam tirar foto. As pessoas passaram a se divertir.”

Sérgio nem imagina quem seja o autor da foto que viralizou, mas garante que o Minduca será mantido para a próxima edição, em agosto de 2020.

“Quem sabe na próxima edição o pessoal não queira vir conhecer o Minduca, né?”.

Próxima feira

O cultivo do amendoim é considerado a segunda maior atividade econômica da região de Ribeirão Preto, perdendo apenas para a cana-de-açúcar. No Brasil, são produzidos 501 mil toneladas de amendoim casca por ano - 477 mil toneladas só em São Paulo, o que representa 95% do total.

“A feira deve crescer. É um momento de promoção do negócio amendoim e a gente quer que as pessoas, a população da região conheçam, saibam da importância da cultura para o município. A ideia é fazer a promoção. (G1)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos