BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Policial 'Sonho interrompido', diz amigo de piloto que morreu após queda de avião em Itápolis

JKA

'Sonho interrompido', diz amigo de piloto que morreu após queda de avião em Itápolis

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

aviao5xx4

Piloto Nélson Alves Moreira Neto (no detalhe) morreu em acidente aéreo na zona rural de Itápolis (Foto: Reprodução/TV TEM)

O corpo do jovem de 23 anos que morreu após um acidente aéreo em um canavial de Itápolis (SP), nesta terça-feira (14), foi levado na tarde desta quarta-feira (15) para Lagoa da Confusão, no estado de Tocantins, cidade onde ele morava.


Um dia depois da tragédia, amigos de Nélson Alves Moreira Neto, que é neto do prefeito de Lagoa da Confusão (TO), ainda lamentavam a queda do avião no qual o piloto fazia um treinamento como parte do curso de especialização em pulverização agrícola.

ftgr

Piloto João Carlos Cotta, amigo de quarto de Nelson Neto: "Ele estava muito feliz e só falava em voltar para casa" (Foto: Reprodução / TV TEM)

Para o piloto João Carlos Delmaschio Cotta, amigo de curso e colega de quarto de Nelson, o acidente representou o fim de um sonho e de um longo período de investimentos, financeiro e pessoal.

“Ele estava a todo momento falando com familiares sobre o quanto estava feliz e por estar voltando para casa. Ele falava que estava realizado, pois já tinha solado [pilotar sozinho] o avião que ele sempre sonhou pilotar, que era o [Piper] Pawnee. O Nelson estava supersatisfeito”, relata João Carlos Cotta.

Segundo os colegas, Nelson Neto já tinha experiência como piloto da aviação comercial. Para fazer o curso de aviação agrícola eram necessárias pelo menos 370 horas de vôo.

O rapaz se preparava para trabalhar com o pai, dono de uma empresa de aviação agrícola na região Norte do país.

Nesta quarta, um tio do piloto fez o reconhecimento do corpo, que foi levado à tarde para a cidade da família. O velório será realizado em Lagoa da Confusão (TO) e o enterro será às 10h desta quinta-feira (16).

Investigação
Técnicos do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos) estiveram nesta quarta-feira no local da queda para começar as investigações e descobrir o que causou o acidente.

Os investigadores recolheram documentos e tiraram fotos. As investigações podem durar 30 dias ou mais, dependendo do que os técnicos encontrarem. O motor do avião vai ficar no Aeroclube de Itápolis a pedido do Cenipa, enquanto durarem as investigações.

fdrtg

Técnico do Cenipa investiga acidente em Itápolis que deixou um morto (Foto: Reprodução / TV TEM)

 

Do G1

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos