BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Policial Polícia detém oito suspeitos por corte e venda ilegal de madeiras na região

Loca lead

Polícia detém oito suspeitos por corte e venda ilegal de madeiras na região

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

apreensao iaras1

A Polícia Militar de Iaras (SP) deteve oito homens na manhã desta quinta-feira (22) suspeitos de um possível esquema de crime ambiental na cidade. Segundo a polícia, eles derrubavam e comercializavam madeiras ilegalmente em um assentamento que fica na Rodovia Osni Mateus (SP-261), que liga as cidades de Águas de Santa Bárbara (SP) e Lençóis Paulista (SP). Quatro motosserras usadas na derrubada das árvores e um caminhão foram apreendidos.


Os assentados alegam que tem a concessão de uso da terra, concedida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e por isso não veem irregularidade no corte e comercialização da madeira.

“Nós nunca fomos notificados pelo Incra que a gente não podia mexer na madeira. Estamos lá há oito anos. Nós estávamos revendendo a madeira para pagar despesas do sítio e refazer o projeto de remanejo da terra”, diz Marcelo de Souza, um dos assentados.

O Incra informou, por meio de nota, que não existe autorização para extração de madeira no assentamento Zumbi dos Palmares, em Iaras, já que se trata de exploração de patrimônio público. O instituto diz que estuda o pedido dos assentados para extração de madeira, porém ainda não existe um parecer do órgão sobre o assunto.

Todos os homens confessaram que derrubavam e comercializavam madeiras. Eles foram encaminhados para a Polícia Federal em Bauru para prestarem depoimento. O grupo foi liberado.

Do G1

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Novos Vídeos