Ao mesmo tempo em que o Brasil enfrenta o momento mais mortal da pandemia sem um plano nacional para conter o avanço do coronavírus, governos locais vêm tomando suas próprias ações para lidar com a covid-19 e suas variantes.

Mas isso nem sempre acontece de forma coordenada.

Enquanto o governo estadual de São Paulo impôs uma série de restrições, dois municípios chamam atenção por posturas opostas contra a pandemia. Bauru e Araraquara estão separadas por cerca de 100 km.

De um lado, o prefeito de Araraquara, Edinho Silva, decretou um rigoroso lockdown em fevereiro, depois de um aumento brusco em números de casos e ocupação de leitos de UTI. O município suspendeu todos os serviços que não têm relação direta com a área da saúde, incluindo transporte público e supermercados — que só podiam funcionar pelo sistema de delivery.

Já em Bauru, a prefeita Suéllen Rosim impôs restrições mais leves. Ela defende a abertura de lojas e tem declarado que lockdown não funciona. No Instagram, Rosim publicou vídeo de uma carreata que, em suas palavras, pedia a "abertura responsável do comércio local". Em outra publicação em que aparece cantando em uma igreja, em fevereiro, a prefeita disse que "tudo deveria ser considerado essencial em quase um ano de pandemia".

Leia mais...

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade de São Paulo (USP) desenvolveram um projeto que faz a projeção futura de casos, mortes e internações por Covid-19.

Batizado de “Acompanhamento de curvas de casos, mortes e internações por Covid-19: modelagem matemática, projeção futura e previsão de cenários”, a pesquisa conta com a participação de três docentes e um pós-doutorando da UFSCar e um professor da USP.

Leia mais...

Perto do encerramento de uma campanha de vacinação em massa inédita em todo o país, autoridades e especialistas em saúde de Serrana relatam os primeiros sinais de queda na demanda por atendimentos e na incidência de casos graves entre moradores que contraíram o coronavírus.

A Vigilância Epidemiológica do município informa que esse contexto de mudança, embora ainda não possa ser diretamente associado à imunização promovida pelo projeto do Instituto Butantan, é reforçado pela ausência de pacientes entubados na unidade de Pronto Atendimento (UPA) desde o fim de semana.

Enfermeiro responsável da UPA, Thiago Bueno também vê essa melhora nos números.

Leia mais...

O Brasil registrou 4.211 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, batendo pela primeira vez a marca de 4 mil óbitos anotados em um só dia e totalizando nesta terça-feira (6) 337.364 vítimas. Com isso, a média móvel de mortes no país nos últimos 7 dias ficou em 2.775. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +22%, indicando tendência de alta nos óbitos pela doença.

Leia mais...

Imagine um mundo assolado por uma pandemia altamente transmissível. A orientação básica é para que as pessoas não se aglomerem, fiquem em casa na medida do possível e evitem ao máximo qualquer evento público. Em uma determinada localidade, contudo, um bispo insiste: contra o mal, é hora de reforçar as preces. Não em casa, mas nas igrejas. Com novenas, procissões e toda a sorte de devoções.

Leia mais...

Sensível a atual situação enfrentada por todos neste momento de pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Itápolis está prorrogando o prazo do pagamento de IPTU, ISSQN e Taxa de Fiscalização e o período para requerer isenção do IPTU, além dos descontos e parcelamentos para pagamento de débitos de tributos municipais.

Leia mais...

O Banco do Povo oferece diferentes linhas de crédito para apoiar os empreendedores formais e informais e configura um importante apoio diante do enfretamento da pandemia da Covid-19.Por isso, a Prefeitura de Itápolis está intensificando a divulgação desta oportunidade: a taxa de juros é a partir de 0,35% ao mês para Pessoa Jurídica e 1% a.m. para Pessoa Física.

Leia mais...

Ian Haydon foi voluntário nos testes da vacina da Moderna contra o coronavírus no ano passado. Agora, ele está ajudando a testar uma nova versão da vacina, projetada para combater uma variante mais contagiosa.

"Um ano atrás eu participei dos testes da vacina da Moderna para ver se ela era segura. Agora, quando completei um ano desde a vacinação, estou feliz em compartilhar que eu acabei de receber a segunda dose. Este experimento vai mostrar se as vacinas adaptadas às novas cepas aumentam a imunidade e são seguras", escreveu Haydon, que é especializado em comunicação na Universidade de Washington, em sua conta no Twitter no último sábado (3).

Leia mais...

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que até este domingo, 4,  o quadro geral da COVID-19 em Itápolis, de acordo com o protocolo do Ministério da Saúde era:

2213 casos confirmados de COVID-19, 1191 são do sexo feminino e 1022 são do sexo masculino. Os métodos de confirmação da doença foram: 1307 por Teste Rápido, 861 por RT-PCR, 28 por Critério Clínico-Imagem, 11 por Critério Clínico-Epidemiológico e 06 por Critério Clínico.

Leia mais...