Uma equipe de cientistas chineses descobriram 28 tipos de vírus desconhecidos pela ciência moderna ao analisar uma amostra do gelo glacial mais antigo da Terra, que fica em Guliya, no noroeste do Tibete, na China. Os vírus estavam congelados há mais de 15 mil anos.

O estudo desses vírus misteriosos pode ajudar os cientistas a compreenderem quais vírus prosperaram em diferentes climas e ambientes ao longo do tempo, conforme relatado em um artigo publicado no banco de dados bioRxiv.

“No entanto, na pior das hipóteses, o derretimento do gelo provocado pelas mudanças climáticas pode liberar patógenos no meio ambiente”, escreveram os pesquisadores no estudo, que ainda não foi revisado por pares. “Se isso acontecer, é melhor saber o máximo possível sobre esses vírus.”

Os dados coletados, segundo o artigo, preenchem uma lacuna de informações sobre vírus arquivados nas geleiras e possibilita entender os impactos dos vírus em seus hospedeiros microbianos quando eles estavam ativos. Graças a esses “arquivos congelados”, outros estudos poderão permitir que os cientistas entendam a evolução e as interações microbianas e virais. O material também pode contribuir para o estabelecimento de mudanças climáticas passadas nesses ambientes. Fonte: LiveScience e G1.

Mais Lidas