Após duas derrotas seguidas no Campeonato Paulista da Série A1, a ordem no Oeste é esquecer e já pensar de imediato no confronto direto que vale vaga no G8, neste domingo, no Estádio dos Amaros, em Itápolis, diante do Bragantino, válido pela 13ª rodada. As equipes estão separadas por apenas um ponto na tabela.

 

Depois de uma invencibilidade de cinco jogos, o time de Itápolis caiu perante o Santos e Paulista, mas, a maior preocupação do técnico Luis Carlos Martins é a seca de gols, por isso o enfoque será melhorar nas finalizações. Já no Bragantino, alívio explicito depois do triunfo contra o Grêmio Prudente por 4 a 2 que acabou com a sequência sem vitórias e também sem balançar as redes, e o próximo passo é regressar ao G8.

O técnico do Oeste, Luis Carlos Martins mostrou-se calmo, mas mesmo assim reconhece que o ataque precisa voltar a ser eficiente. “Nosso ponto forte é a defesa, mas nosso sistema ofensivo não pode desperdiçar muitas oportunidades de gol. Por isso, a concentração tem que ser máxima, por enfrentarmos um time que joga no 3-4-1-2 e consegue se defender de forma eficaz”, alertou o comandante.

Para esta partida, o técnico não terá nenhum desfalque. A boa notícia fica por conta do retorno do artilheiro Fábio Santos, autor de quatro gols na competição e esperança de que o ataque do time de Itápolis volte a incomodar os adversários. O esquema tático continuará intacto: 4-2-2-2 clássico, que Martins prefere utilizar.

Marcelo Veiga vê esta partida como um divisor de águas na competição e compara-a, até com fatos extremos. “Depois do nosso resultado positivo, eu encaro este jogo diante do Oeste como uma guerra, porque o G8 voltou a ser uma realidade para o Bragantino. Será um dos jogos mais interessantes de toda a competição”, afirmou Veiga.

O técnico do Bragantino não terá o zagueiro Everaldo, suspenso pelo terceiro cartão amarelo sofrido na vitória diante do Grêmio Prudente, outro problema pode ser o centroavante Finazzi, que sentiu uma lesão muscular, por isso, Fabrício Carvalho, que voltou a ser relacionado no último confronto, pode ganhar uma chance na formação inicial, caso Finazzi não se recupere em período hábil.

Ficha técnica

Oeste: Fábio; Dedê, Cris, Paulo Miranda e Fernandinho; Márcio Passos , Adriano, Dionísio e Roger; Fábio Santos e Anselmo Ramon.
Técnico: Luis Carlos Martins.

Bragantino: Gilvan; Carlinhos, Marcos Aurélio e Júnior Lopes; Nêgo, Éder, Diego, Rodriguinho e Júlio César; Marcelinho e Fabrício Carvalho.
Técnico: Marcelo Veiga.

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis;
Data e hora: dia 13 (domingo), às 18h30;
Árbitro: Vinicius Furlan;
Assistentes: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogério Baesteiro;
Adicionais: Robério Pereira Pires e Thiago Silva Egidio;
Quarto árbitro: Cristiano Luis Nalesso.

Fonte: Federação Paulista de Futebol

Mais Lidas